Condutor de cobre ou alumínio: qual é o melhor?

Categories:

19 Aug 2019

Condutor de cobre ou alumínio: qual é o melhor?

Existem diversos elementos considerados bons condutores de energia elétrica, e os mais utilizados no mercado são o cobre e o alumínio. 

Mas muito se questiona sobre as principais diferenças entre um e outro e qual é o mais indicado para cada tipo de aplicação. 

Alguns fatores físicos e químicos devem ser levados em consideração na hora de escolher o melhor material. Saiba quais são: 

 

Cobre ou alumínio: qual é o melhor condutor de eletricidade? 

O cobre e o alumínio são os dois metais mais usados na fabricação de condutores elétricos.  

As principais diferenças entre o cobre e o alumínio são a condutividade elétrica, o peso e as conexões. A característica mais marcante está na forma como se realizam as conexões entre condutores ou entre condutor e conector.  

O cobre é um metal muito dúctil e maleável, além de ser um excelente condutor elétrico, uma vez que a eletricidade que flui por meio dos fios de cobre encontra muito menos resistência do que em fios de alumínio ou aço de mesmo diâmetro. Além disso, os condutores de cobre são mais resistentes à oxidação e corrosão galvânica. Por isso, são muito utilizados em instalações domésticas e urbanas.  

Outro fator importante é que o cobre oferece propriedades elétricas e mecânicas e sua pureza de até 99,99% permite que ele seja usado na produção de cabos e em condutores isolados.  

O alumínio, por sua vez, é um material que apresenta uma baixa resistência mecânica e grande ductilidade e maleabilidade, e tem sua principal aplicabilidade em redes de transmissão. Dessa forma, é possível construir torres menos robustas com maior espaçamento entre elas. 

O alumínio tem cerca de 99,5% de pureza e tem metade do peso do cobre. Portanto, é mais utilizado em linhas aéreas.  

Além disso, segundo a NBR 5410 – Norma de Instalações Elétricas de Baixa Tensão – o uso de alumínio é proibido em instalações residenciais. Por este e outros motivos, o alumínio praticamente domina o campo dos condutores para linhas de transmissão. 

 

Compare você mesmo as características de cada tipo de condutor: 

 

COBRE 

Resistividade elétrica - 17,241 Ω.mm²/km 

Densidade - 8,89 g/cm³ 

Peso (densidade x resistividade) - (17,241 x 8,89) 

Massa atômica - 63,6u.a. 

Preço (tonelada)* - US$ 5.800 

 

ALUMÍNIO 

Resistividade elétrica - 28,264 Ω.mm²/km 

Densidade - 2,703 g/cm³ 

Peso (densidade x resistividade) - (28,264 x 2,703) = 2 

Massa atômica - 27u.a. 

Preço (tonelada)* - US$ 1.800 

 

Resumindo, a principal aplicação do alumínio é para grandes redes de transmissão, enquanto o cobre é a opção mais usada em instalações domésticas e urbanas. 

E mais: se o peso é um fator importante, o alumínio é o mais recomendável. Agora, se o mais importante for a maleabilidade, o cobre é a opção mais viável. 

Não importa qual seja a sua necessidade, Prysmian Group tem as melhores soluções. Acesse br.prysmiangroup.com e confira nosso portfólio completo.