Grupo Prysmian inaugura Laboratório de Inovação Digital em sua sede em Milão

Grupo Prysmian inaugura Laboratório de Inovação Digital em sua sede em Milão

Categories:

Grupo vem investindo na área de inovação digital, com o objetivo de tornar os negócios dos clientes mais eficientes e lucrativos

26 Nov 2019

Em maio de 2019, os funcionários da sede do Grupo Prysmian em Milão receberam novos colegas de trabalho.  

Cada novo colega ganhou sua própria estação de trabalho, equipada com um computador. Mas ninguém na verdade se sentava lá. Isso porque o novo "colega" de trabalho é um software, desenvolvido por meio de um processo de automação robótico. 

Essa novidade faz parte do programa de inovação estratégica liderado pelo Laboratório de Inovação Digital do Grupo Prysmian, supervisionado por Carlotta Dainese. 

Carlotta é Head do laboratório e passou a fazer parte da equipe ainda este ano. 

 

A ideia de criar este laboratório surgiu em 2017, quando o Grupo o implementou à área de TI para realizar projetos-piloto explorando a tecnologia digital para melhoraria dos negócios. Agora, o laboratório assume uma função independente, juntamente com Vendas, RH, Estratégia, Pesquisa e Desenvolvimento e outras. Desta forma, é possível criar projetos de geração de receita de médio prazo que são escaláveis ​​em toda o Grupo.  

 

De acordo com Carlotta, a proposta de valor do novo Laboratório de Inovação Digital é baseada em três pilares: 

 

  1. Fazer mais com menos: otimizar o desempenho dos negócios por meio de solução digital. A eficiência é prioridade para o Grupo Prysmian e o foco é elevá-la ao próximo nível com ferramentas digitais impactantes. 
  2. Desenvolver produtos digitais com alto valor agregado: sustentar o crescimento integrando serviços digitais aos produtos, mesclando o físico e o digital para revolucionar a indústria de cabos. 
  3. Práticas digitais difusas como "plâncton" na organização: assim como o plâncton flutua nos oceanos, a ideia é difundir a digitalização dentro da organização através de uma presença natural e constante, usando ferramentas digitais que ofereçam valor. 

 

E a automação de processos robóticos, a Inteligência Artificial e a Realidade Aumentada são as ferramentas que o Laboratório de Inovação Digital usa para fazer mais com menos.  

 

“Estamos explorando o uso de Inteligência Artificial para melhorar a qualidade de nossos produtos e reduzir defeitos durante a produção. Também estamos buscando o desenvolvimento de aplicativos de Realidade Aumentada para manutenção remota. Isso é importante nas fábricas, não apenas por segurança, mas também como treinamento, além de reduzir o tempo durante as operações de manutenção.” 

Carlotta Dainese 

 

A adoção deste sistema de software significa liberar os trabalhadores de escritório para que eles possam realizar tarefas com maior valor agregado.  

Além da Inteligência Artificial e da Realidade Aumentada, Machine Learning e Big Data são outras áreas em que a equipe de Carlotta está trabalhando. 

Em parceria com um ecossistema de startups, universidades e incubadoras, o Grupo está formando uma rede de relacionamentos para obter todo o potencial de seus investimentos na área de inovação digital, com o objetivo de tornar os negócios de seus clientes mais eficientes e lucrativos. 

Os pilotos desenvolvidos pelo Laboratório de Inovação Digital estão abertos a eventuais parcerias externas.